LITURGIA DIÁRIA: Um pedido de Jesus ao Pai: Que o mesmo amor esteja em todos, que o seguem...

 

 

 Deixemo-nos encher de esperança pela fé na Palavra de Deus, nas promessas que Ele nos fez e que ainda não se realizaram. Mas, ao mesmo tempo, demos graças a Deus por todas as obras que Ele já realizou em nossas vidas. Confiemos no Senhor e deixemo-nos conduzir pelo Espírito Santo.

 Leia e reflita a palavra de DEUS, e deixemo-nos conduzir por ela.

7ª Semana da Páscoa – Quinta-feira 16/05/2013

At 22,30; 23,6-11

Naqueles dias, 30querendo saber com certeza por que Paulo estava sendo acusado pelos judeus, o tribuno soltou-o e mandou reunir os chefes dos sacerdotes e todo o conselho dos anciãos. Depois fez trazer Paulo e colocou-o diante deles.
23,6Sabendo que uma parte dos presentes eram saduceus e a outra parte eram fariseus, Paulo exclamou no conselho dos anciãos: “Irmãos, eu sou fariseu e filho de fariseus. Estou sendo julgado por causa da nossa esperança na ressurreição dos mortos”. 7Apenas falou isso, armou-se um conflito entre fariseus e saduceus, e a assembleia se dividiu.
8Com efeito, os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito, enquanto os fariseus sustentam uma coisa e outra. 9Houve, então, uma enorme gritaria. Alguns doutores da Lei, do partido dos fariseus, levantaram-se e começaram a protestar, dizendo: “Não encontramos nenhum mal neste homem. E se um espírito ou anjo tivesse falado com ele?”
10E o conflito crescia cada vez mais. Receando que Paulo fosse despedaçado por eles, o comandante ordenou que os soldados descessem e o tirassem do meio deles, levando-o de novo para o quartel. 11Na noite seguinte, o Senhor aproximou-se de Paulo e lhe disse: “Tem confiança. Assim como tu deste testemunho de mim em Jerusalém, é preciso que tu sejas também minha testemunha em Roma”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

 

Responsório (Sl 15)

— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!
— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: “Senhor vós sois meu Senhor”. Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, meu destino está seguro em vossas mãos!
— Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, pois se o tenho a meu lado não vacilo.
— Eis por que meu coração está em festa, minha alma rejubila de alegria, e até meu corpo no repouso está tranquilo; pois não haveis de me deixar entregue à morte, nem vosso amigo conhecer a corrupção.
— Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto a vós, felicidade sem limites, delícia eterna e alegria ao vosso lado!

 

Evangelho (Jo 17,20-26)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos ao céu e rezou, dizendo:
20“Pai santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra; 21para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.
22Eu dei-lhes a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: 23eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim. 24Pai, aqueles que me deste, quero que estejam comigo onde eu estiver, para que eles contemplem a minha glória, glória que tu me deste porque me amaste antes da fundação do universo. 25Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes também conheceram que tu me enviaste.
26Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o tornarei conhecido ainda mais, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

BREVE REFLEXÃO:

 Canção da Unidade

Que seja um, é um que eu quero mais
Que seja um, é um que eu quero mais
O Meu amor é o que nos torna capazes

Sem medo algum se amem mais
Sem medo algum se amem mais
O Meu espírito é quem age e faz

 Vamos meditar lendo a homilia do Padre Roger Araújo

Sejamos promotores da unidade

Que a paz do Senhor esteja acontecendo no meio de nós e sejamos promotores da unidade.
“Pai Santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra, para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste” (Jo 17,20-21).
Continuamos a nossa reflexão sobre a unidade do Corpo Místico de Cristo, da Igreja de Jesus. Essa unidade deve começar a acontecer dentro de nossas próprias comunidades paroquiais e diocesanas.
É verdade que nós temos uma riqueza de movimentos dentro da Igreja. Tudo é dom, é graça do Espírito, mas nós precisamos resistir à tentação do sectarismo, de nos convencermos de que somente o nosso grupo, a nossa espiritualidade é a mais certa, a mais correta, e é melhor do que outras.
Nós somos o Corpo de Cristo, o qual tem diversas faces. Na Igreja, podemos ter diversos movimentos, diversas tendências, mas o Corpo do Senhor é um só. O que nó precisamos é de fidelidade à Palavra de Deus; precisamos ser fiéis ao Senhor. Continuaremos a ter as nossas diferenças, mas permaneceremos unidos a Deus. Que nó não sejamos causadores de divisão, de separação ou rompimento no Corpo do Senhor. Muito pelo contrário, trabalhamos pela unidade, pela paz, trabalhamos pela unificação do Corpo de Cristo.
Que a paz do Senhor esteja acontecendo no meio de nós, que a paz de Cristo esteja reinando em nossos grupos e sejamos promotores da unidade.

Deus abençoe você.

fonte - homilia CN

#Compartilhar:

Marcadores:

Sem Comentario to " LITURGIA DIÁRIA: Um pedido de Jesus ao Pai: Que o mesmo amor esteja em todos, que o seguem... "

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››